sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Descobrimentos Portugueses

Histórias do Açúcar
.
.
Esta história não precisa de ser contada por mim; podia ser narrada por qualquer de nós.
.
Com muito orgulho, até poderíamos dizer que foram os portugueses a dar os primeiros passos para a descoberta desta doce substância: o açúcar.
.
E enlevados pelo orgulho, até poderíamos arriscar esta tirada: "e inventámos o pacote de açúcar". Mesmo que não seja verdade (que não o é - o primeiro pacote de açúcar conhecido foi elaborado nos Estados Unidos da América), todos acreditariam em nós, tão grandiosa foi a nossa façanha dos descobrimentos.
.
Para os meus amigos leitores (presumo que ainda poucos - mas certamente mais fiéis que o nosso delicioso amigo da Noruega) que não conhecem esta estranha modalidade de coleccionismo; para aqueles que já a conhecem e não lhe acham piada; para aqueles que até sabem que sou coleccionador de pacotes de açúcar e ainda não tiveram a amabilidade de me arranjar um pacotinho raríssimo; para todos vós (alguns, certamente, até acharão alguma graça a esta tontería) ...
.
Para todos vós, dizia, lembrei-me hoje de digitalizar uma das mais belas colecções (nós, os tolinhos, chamamo-lhes séries) de pacotes de açúcar feitas até hoje em Portugal. É dos anos 80 e foi embalada na Sores - Sociedade de Refinadores de Santa Iria SA -, tendo os respectivos desenhos ganho o 2º prémio de um concurso de ilustração na comemoração dos 500 Anos dos Descobrimentos Portugueses. Existem outras duas séries relativas ao 1º e 3º prémios desse concurso (as 3 séries são embaladas pela Sores e pela Sidul - Sociedade Industrial do Ultramar -, ambas, hoje, nas mãos - grrrrr! - da Tate & Lyle).
.
E como eu dizia... não precisa de palavras:
.
.
Deliciosa, não é?
.
Agora chamem-nos tolinhos!
.
Se por acaso os meus amigos leigos (ou respectivos familiares, amigos e inimigos...) tiverem por aí algumas raridades como esta e estejam uns mãos largas, nem sabem a alegria que me dariam...
.
Mais uma vez, doce 2007!
.

2 comentários:

Cláudia Espassandim disse...

Olá Rui!

Só através deste teu blog soube que eras coleccionador de pacotes de açúcar. Pois tenho uma novidade a dar-te: tenho um primo direito e meu bi-compadre (sou madrinha de uma filha dele e ele é padrinho de uma filha minha) que é engenheiro precisamente na Sidul, ou melhor, Alcântara Açúcares; esteve a trabalhar na Tate&Lyle em Inglaterra nos 2 últimos anos e agora está de volta a Lisboa. Vou pedir-lhe se me arranja algumas preciosidades para ti...Tens algum pedido concreto?

Bj

Cláudia

MANHENTE disse...

Olá, Cláudia!

Muito obrigado por me fazeres mais uma visita.

Como se costuma dizer, "tudo o que vem à rede é peixe", mas se o que vier for, digamos... linguado, cação, tamboril... a caldeirada tem outro sabor :-)

Se o teu primo me puder desencantar destes pacotes mais antigos, mesmo repetidos, seria uma maravilha. E já agora, pergunta-lhe se colecciona alguma coisa... pode ser que eu também possa "inventar" algo.

Muito obrigado e um beijinho para ti,
Rui