quinta-feira, 15 de março de 2007

"Mesada para incentivar jovens a estudar varia consoante região"

Pérola Negra
.
Roubei o título deste post a um artigo do Jornal de Notícias de hoje, sobre decisão do Governo. A pérola não é do Jornal de Notícias, obviamente. Nem sobre a diferenciação da mesada, claro (embora, porventura, também merecesse uns mimos).
.
Independentemente das justificações que se possam dar, está de rastos o país que paga aos seus jovens para estudar. É a negação da cultura do esforço, do brio, da perseverança, da ambição. É a negação do futuro de uma nação.
.
E o mais engraçado (e quem conhece o meio, sabe que isto é uma verdade inegável) é que estes jovens fazem tudo menos estudar. Com a louvável excepção dos poucos que frequentam as escassas escolas profissionais de qualidade, os restantes estão apenas a fazer número. O que não importa, pois é isso que se quer.
.

3 comentários:

Antonio Rebordao disse...

Infelizmente essa é a realidade escolar. A sociedade não premia o mérito e esforço mas sim os chicos espertos e o desenrascanço.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.